domingo, 1 de junho de 2014

Quem mora sozinho por último ri melhor

Muita gente me pergunta sobre como é morar sozinho(a)... qual o tamanho do perrengue (porque das coisas boas a maioria já sabe ou imagina... rs), ainda mais sendo no Rio de Janeiro, uma cidade MARAVILHOSAmente cara.

Bom, eu tenho este blog também para dar conselhos, se é que eles servem para algo, então vamos lá. Morar sozinho é caro pacas, dá um monte de despesas (na verdade é um investimento em bem-estar pessoal, rs) e exige uma boa organização financeira para que se mantenha a casa (literalmente) sempre em ordem. A cabeça fica mais organizada quando a casa está, pois uma coisa tem mais a ver com a outra do que se imagina.

Porém, pelo que a experiência tem me mostrado, mais importante que ter o orçamento mensal para pagar o aluguel, o condomínio, as contas de luz, gás, telefone, celular, internet, TV a cabo e o que mais você precisar, é fundamental ter uma poupança. Por menor que ela seja, ter alguns trocados guardados é uma segurança bacana para quem deixa o teto dos pais para trás para se aventurar de verdade na vida. Quando alguma coisa aperta, vai pedir grana para quem? O melhor é pedir "para si mesmo", certo? Melhor que fazer empréstimo em banco, criar dívida com amigos ou correr o risco de ter que voltar para a casa dos pais...

E, não se engane: emergências sempre, sempre vão rolar. A descarga do seu único banheiro para de funcionar, sua geladeira velhinha desmaia e você precisa ressuscitá-la, a máquina de lavar roupas pifa (ou nem existe, rs) e você precisa usar a lavanderia, alguma coisa quebra e tem que ser consertada, enfim. Sem falar que a despesa adicional pode ser com algo pessoal, como quando a gente resolve fazer um curso extra, uma viagem, algo fora do planejado.

Não é para desanimar ninguém, pelo contrário. Este blog é para apoiar o sonho da casa própria, ainda que a sua primeira moradia não seja exatamente "própria".

O fato é que quem mora sozinho tem que se apoiar, se incentivar, porque fácil não é, mas é bacana para caramba. E quem não mora sozinho, nunca morou, dificilmente vai entender.

- Como assim você não pode sair porque tem que lavar o banheiro? Não dá para lavar outra hora?
- Como assim você não pode ir ao cinema antes de passar aspirador de pó na casa?
- Por que você não tem toalha lavada em casa? A lavanderia é tão perto!
- Que geladeira mais vazia, custa ir ao mercado?

Pois é, mon cherie, é sozinho que o cara que mora sozinho faz tudo. Não tem ninguém além dele para fazer não, viu? Especialmente se for durango e não tiver empregada, faxineira, passadeira etc etc etc... Mas não se acanhe: a gente ri sozinho também ;p